22 de outubro de 2009

THE COMPANY OF ROGUES JO BEVERLY

Por algum tempo confundi essa saga com a do CLUBE DA BÚSSOLA.Isto se deu, pois as duas séries são muito parecidas.Em primeiro lugar os nomes das autoras são semelhantes ambas se chamam JO, (Jo Goodaman CLUBE DA BÚSSOLA e Jo Beverly THE COMPANY OF ROGUES).As histórias se passam no mesmo período histórico, ou seja, na Regência, finalmente em ambas as obras os protagonistas são rapazes que se conheceram na escola interna e criaram um grupo de amigos, que ao crescerem se dedicam a lutar contra as injustiças. Os enredos também têm em comum camaradagem entre os membros, espionagem de inimigos do Império Britânico, segundos filhos que herdam títulos de nobreza sem esperar, etc...

Eu, no entanto, gostei das duas sagas, pois há seu tempo em suas respectivas obras cada uma das autoras Jo Goodaman CLUBE DA BÚSSOLA e Jo Beverly COMPANHIA DOS VELHACOS conseguiram imprimir a sua marca pessoal.

No caso da saga por mim resenhada eles se intitulam THE COMPANY OF ROGUES, vocês encontrarão nos livros a tradução como COMPANHIA DOS VELHACOS.

A Autora e a Saga

A fonte que baseou o texto abaixo foi uma entrevista da autora JO BEVERLY para um site de romances.

Segundo a escritora a COMPANHIA DOS VELHACOS começou a ganhar forma em no ano de 1976, foi nessa época que ela começou a esboçar a história de Nicholas Delaney (protagonista do livro Coração Sofrido CHE 218). Contudo, ela somente conseguiu publicar sua primeira história 11 anos depois.O objetivo dela era escrever um romance, cujo enredo seria um casamento arranjado.A série COMPANHIA DOS VELHACOS, veio no meio do processo criativo da autora.A companhia seria o grupo de amigos de Nicholas que o auxiliavam em sua tarefa tortuosa. Nesse ponto, Lucien, marques de Arden (herói do livro-Noiva Relutante CHE 204) , não era um membro, somente foi incluído no grupo quando ela escreveu Noiva Relutante alguns anos mais tarde.Lucien, apesar de tudo, é o herdeiro de um Duque e assim estaria em um lugar mais alto na escala social em relação a Nicholas que é o irmão mais novo de um conde, e assim somente um membro da Câmara dos Comuns. Contudo Nicholas é indiscutivelmente o líder dos Velhacos, liderança essa que não é disputada por Lucien, ainda ambos possuam visões de vida diferentes .

A companhia dos Velhacos foi fundada por Nicholas no tempo que esse era estudante. As escolas naquela época eram lugares, onde o ambiente era bastante caótico. Além do mestre, sempre armado com palmatória, havia também os meninos mais velhos que tentavam exercer o poder sobre os mais jovens, aqueles que provinham de famílias inferiores na escala social da época. Assim os calouros eram obrigados a agir como servos dos meninos mais velhos.Nicholas, inconformado com a situação escolheu doze meninos novos de acordo com seus próprios critérios pessoais e criou uma irmandade de proteção. Não praticariam bully (ameaçar, amedrontar, intimidar, geralmente trotes violentos praticados nas escolas ).O grupo não tinha por objetivo escapar dos deveres, mas se protegerem mutuamente.Lutariam contra a opressão existente na escola. A união deu resultado, pois os brigões aprenderam logo deixá-los em paz. As habilidades dos garotos do grupo, testadas na escola serviram mais tarde para auxiliá-los em suas missões de espionagem e salvamento, quando tornaram-se adultos.Assim segundo Jo Beverly, significa que não há uma formula padronizada para escrever a saga, desde as aventuras de espionagem fantásticas de Nicholas passando pela a elegância da alta sociedade de Lucien, ao conto estilo irlandês selvagem de Milles Cavanagh.Cada rogue terá uma forma própria em sua história.

Os Doze Rogues


CORAÇÃO SOFRIDO

CHE 218

Titulo original:An Arranged Marriage

Editora original: Kensington

Londres

Ela não podia revelar os segredos de seu coração!

Com a reputação arruinada e o futuro prejudicado por uma trama diabólica arranjada por seu irmão. Eleanor se vê forçada a concordar com um casamento de conveniência. Casar com o misterioso Nicholas Delaney, com sua elegància natural e o sorriso displicente, era mais do que ela esperava. Porém quando os mexericos da sociedade a informaram sobre a bela amante francesa, Eleanor tentou agir com a fria dignidade de uma esposa indiferente. Mas como podia se proteger contra o inegável charme... ou os desejos secretos de seu coração?


Nicholas Delaney, líder dos Velhacos,irmão gêmeo do conde de Stainsbridge. Nicholas é um homem de pensamentos ecléticos, viajante, independente, que apesar de tudo é muito ligado a família, ao irmão gêmeo principalmente, que o usa para corrigir seus erros. Seu casamento com Eleanor é um exemplo disso começa como uma união arranjada por seu irmão o conde de Stainsbridge.Acontece que Stainsbridge, é homossexual, em posse desta informação o irmão da mocinha (um dos vilões da história) tenta comprometer o conde perante seus amigos para chantageá-lo mais tarde,nisso a pobre Eleanor é envolvida na história em um situação bem delicada..

Eleanor Chivenham, irmã de um devasso,o qual é seu guardião legal que a dopa e a vende para ser desonrada, por Stainsbridge.Após o estupro ela tenta o suicídio e é salva pelo próprio agressor, que com pena da moça ´´arranja´´ o casamento dessa com seu irmão Nicholas Delaney. Apesar do trauma Eleanor se revela uma mulher forte busca fazer seu casamento com Nicholas dar certo.

A história ainda que tenha o começo um pouco chocante é bem escrita, com sensibilidade. Eu recomendo para aquelas leitoras que estão um pouco cansadas de clichês. Os personagens secundários como Stainsbridge, e os amigos de Nicholas estão muito bem estruturados, não aparecem na história somente para encher lingüiça, eles estão na trama para enriquecer a narrativa.



NOIVA RELUTANTE

CHE 204

Titulo original: An Unwilling Bride

Editora Nova Cultural

Editora original: Kensington,

Cornualha, 1885 (Inglaterra)

Ela aceitaria o casamento, mas jamais lhe entregaria o coração.

Vanessa levava uma vida tranqüila. O emprego de professora dava-lhe a independência tão almejada, sem precisar se sujeitar às regras de um matrimônio. Mas o encontro com o duque de Be1craven a tornou uma. presa fácil do poder da aristocracia, e ela teve de se casar com o marquês Lucien, um homem libertino que vivia cercado de mulheres que lhe entregavam não sô o coração... Decidida a desprezá-Io, Vanessa o ignorou o quanto pôde. Mas o poder de sedução de Lucien foi maior do que sua força de vontade. Apaixonada, Vanessa queria ser a única na vida do marido. Mas como?

Lucien de Vaux, marques de Arden, arrogante, corajoso, inteligente, e bonito a personificação ideal de nobre inglês. Apesar de ser o herdeiro do duque de Belcraven, não é seu filho realmente. Fruto de um deslize da esposa do Duque com um namorado de infância, é obrigado a casar-se com a filha adulterina do Duque para que o título herdado permaneça com os descendentes de sangue.

Vanessa Armitage, uma professorinha de uma escola de moças no interior da Inglaterra, não sabia ser a filha bastarda de um Duque, qual não foi o choque quando a revelação veio acompanhada de uma chantagem para que ela aceita-se desposar o filho da mulher de seu pai. Ela tenta de várias formas evitar um casamento que não quer, no entanto quando o enlace acontece a moça tem diversas dificuldades para evitar apaixonar-se pelo marido.

Neste segundo livro a narrativa é menos dramática, porém, não deixa de ter conteúdo , apresentada uma pitada do charme da alta sociedade da época da regência.A escritora novamente foi muita bem sucedida em construir uma trama de casamento arranjado que dá certo. O casal central não poderia ser de pessoas mais diferentes um Marquês orgulhoso, um perfeito membro da alta sociedade e uma professorinha do interior, com bastante bagagem intelectual. Lucien não esperaria encontrar uma mulher que desarmaria seu charme com um simples empinar de nariz.

Alguns personagens da historia anterior (Coração Sofrido ) dão as caras novamente, neste livro.

Uma crítica negativa, a editora Nova Cultural perdeu na época uma boa oportunidade de divulgação dessa historia .O motivo é o resumo insosso da contracapa, não desperta nem informa as leitoras para o enredo do livro .
Escândalo e Sedução

ESCÂNDALO E SEDUÇÃO

JO BEVERLEY

CH nº 372

ANO: 2007

TÍTULO ORIGINAL: Forbidden

EDITORA ORIGINAL: Kensington Publishing

ANO: 1994

SINOPSE:

Inglaterra, 1815

Desejo proibido

Desesperada para fugir dos irmãos, que querem forçá-la a um casamento sem amor, Serena aceita carona no coche de um desconhecido, o homem mais bonito que ela já viu...

Os planos de Francis Middlethorpe de casar-se em breve com uma aristocrata vão por água abaixo quando a misteriosa e encantadora Serena Riverton entra em sua vida. Um desejo irresistível leva a uma noite de amor que mudará o futuro de Middlethorpe e Serena para sempre. Agora, diante de uma sociedade escandalizada, Serena precisa escolher entre prezar sua reputação ou viver a grande paixão de sua vida!

Escândalo e sedução é um dos livros que fazem parte da série dos Rogues ou Cia dos Velhacos em português Jo Beverley . O mais sério dos velhacos 'Francis Haile, Lord Middlethorpe, está cortejando a doce Senhorita Anne Peckworth, a respeitável filha de duque (que eu acredito por todos os elementos terá sua própria história ).

Serena Riverton é uma que viúva de um conhecido devasso, quem ela foi forçada a se casar com a tenra idade de 15 anos. A história começa com Serena fugindo de seus irmãos, que desejam que ela se case novamente com o pretendente que pague o valor mais elevado por ela.

Ocorre que seu casamento com o devasso Lord Riverton foi uma constante exploração sexual, uma vez que o marido ao não conseguir engravidá-la a culpou e passou a tratá-la como uma prostituta. Ela prefere se tornar uma cortesã para pelo menos ter a chance de escolher seu amante.

No caminho, ela se perde sendo auxiliada por Midlethorpe ,um perfeito cavalheiro.

Ele encontra-se a indo resolver um problema envolvendo sua mãe e um suposto chantagista. O casal é pego em meio á uma tempestade, e são obrigados a passar por casados para serem aceitos na casa de um fanático religioso.

Durante a noite Serena tenta seduzir Francis para que esse se torne seu primeiro protetor na vida como cortesã. Ele não aceita então ela acaba forçando a barra com ele a princípio. Ocorre que Francis é virgem, e acaba incapaz de resistir aos encantos de Serena e os dois tem uma noite de amor.

Confuso entre o ocorrido, pois estava quase noivo da filha do Duque, e ficou encantado com Serena, ocorre que ela não representava o ideal da esposa que ele buscava.

Como solução Francis acaba por encaminhar Serena aos cuidados de sua tia Arabella .A moça se adapta a nova vida no interior e vislumbra outra possibilidade para seu futuro que não aquele de ser uma cortesã , quando descobre que está grávida, Francis é avisado, e eles se casam.

O casamento não resolve os problemas do casal. Ele não confia na esposa, e ela não acha que ele é capaz de carinho físico, pois o mesmo mantém seu desejo sob controle. A falta de diálogo do casal enfraquece mais o equilíbrio tênue do casamento, o escândalo das origens e do passado de Serena perturba mais ainda a vida em comum..

Minha pequena sinopse não faz justiça a este livro, que recomendo para leitoras não acostumadas aquele modelos de mocinha tradicional virgem e frágil e de herói galã pega todas e sabe tudo blábla ....

Jo Beverley cria tramas bem complicadas realmente gostei do personagem de Francis dos livros anteriores dos Rogues ele é sensível, gentil, e muito delicado. Serena é um pouco apática, no início do romance, mas ela cresce a medida que sente o sabor da liberdade.

Outra impressão de diferente em relação aos outros livros até agora, é que a escritora descreve mais o que o mocinho está pensando e sentindo. Em seus livros anteriores, praticamente não há cenas contadas a partir da perspectiva do homem, então você nunca sabe o que sua opinião sobre a situação. Neste livro, temos uma compreensão melhor de como Francis vê a esposa, o que ele sente quando descobre os horrores de seu passado, e seus sentimentos conflitantes de suspeita e desejo por ela.

Nas reminiscências do herói a história de paixão platônica entre Francis nutria por Eleanor Chivenham a esposa de Nicholas Delaney, quando do desaparecimento deste. São coadjuvastes também no livro os velhacos Lucien e Vanessa de Vaux.Destacando o enredo paralelo a história de amor vivida pela mãe de Francis.

No seu conjunto, esta série tem sido bastante agradável de ler. O que eu amo mais sobre a série de leitura é que você começa a ver o que está acontecendo com um casal de um livro anterior e você começa a antecipar a leitura de histórias dos outros personagens. Começamos a conhecer cada um dos Rogues um pouco melhor a cada livro o que acresenta para uma experiência de leitura mais satisfatória, eu acho.

Como cena predileta destaco quando na pousada Serena fica farta de todos, particularmente Francis e o golpeia várias vezes com a carteira. Foi engraçado, mas também você finalmente vê-la tomar uma atitude, percebendo que controla a sua vida e não é controlada pelos outros ainda que seja o homem amado, não preciso dizer da cenas seguinte quando o casal fazem as pazes

O que não gostei, Francis e sua dificuldade de dizer que a ama.

CHAMA DA PAIXÃO

CHAMA DA PAIXÃO

JO BEVERLEY

CH 375

Christmas Angel 2007

(Inglaterra, Sec. XIX)

Unidos por conveniência... ou por uma inesperada paixão?
Cansado do trabalho diplomático, Leander Knollis sonha com um lar estável e uma vida tranqüila. Mas sendo um homem que se julga imune às emoções da paixão, ele quer encontrar uma mulher inteligente e culta, que aceite um casamento de conveniência. E a candidata perfeita é Judith Rossiter, uma jovem viúva devotada à memória do marido e que jamais entregará o coração a outro! Judith não pode recusar o inesperado pedido de Leander, embora a proposta a deixe apreensiva. Por que um nobre , rico e bonito, proporia casamento a uma viúva sem um vintém e com dois filhos? Pensando bem, até que a condição de
Leander é fácil de cumprir... Pelo menos é nisso que ela acredita, ao fazer os votos nupciais...

Leander Knollis, Conde de Charrington, estava cansado de viver no estrangeiro em missões diplomáticas Ele não tinha interesse em se apaixonar, e tão pouco ser objeto da adoração de nenhuma mulher, mas queria se estabelecer na Inglaterra, formar família, a solução encontrada, casar-se com alguém que não pode entregar seu coração.

Mas a sua procura de uma mulher inteligente, sem noções fantasiosas de um romance foi frustrante até que ele conheceu a viúva inconsolável e sensata Judith Rossiter.

Uma mulher ainda atraente, a sua maneira agradável, com coração gentil. Com auxilio dos amigos Vanessa e Lucius ele consegue convencer Judith Rossiter a casar com ele , e a assim faz planos de tomar posse da mansão herança de família, e desfrutar de um bom e típico Natal Inglês.

Um estranho lhe propõe casamento deixando perplexa Judith. Qual o motivo levaria, um Diplomata viajado com titulo de Conde, jovem e atraente a ter qualquer interesse em casar-se com uma pobre viúva com dois filhos?

Ao principio (e em boa parte do livro) Judith faz essas perguntas, mas a oportunidade de um melhor futuro para os filhos, e seu espírito prático leva a viúva a aceitar o estranho pedido de casamento. Parecia um arranjo matrimonial ideal, no qual ela não tinha nada a temer a não ser seu coração, pois se descobriu apaixonada por Leander mais do que alguma vez esteve pelo primeiro marido.

Tudo o que ele queria era um casamento de conveniência, mas logo ele começou a se perguntar como ficaria seu espírito eminentemente prático, com os sentimentos que começa a sentir por sua esposa de conveniência, uma vez ter sido ele a insistir em não envolver amor no seu casamento.

O livro, na opinião dessa humilde blogueira, é passado todo em tons pastéis, os acontecimentos antecedem as festas de Natal não se tem um grande conflito ou dramas, como alguns dos livros anteriores da serie dos ROGUES .

Um rapaz busca uma mulher que não fosse uma esposa dependente e chicletinho então encontra uma viúva, aparentemente inconsolável, pois ainda estaria amando seu falecido marido. Um casamento com sexo agradável para gerar herdeiros, além de uma companheira para auxiliá-lo na retomada da vida em solo Inglês .

Ocorre que, Judith , já não amava seu marido bem antes da morte do mesmo, estava cansada de toda pretensa devoção , que servia de inspiração para livros de poesia.Vivia para a criação do casal de filhos quando recebe o pedido de casar-se com um Conde , charmoso , rico 5 anos mais jovem que ela, que parece aceitar seus filhos, a compatibilidade sexual não é problema, .

Judith me irritou em mais de uma passagem do livro, com suas inseguranças e desconfianças em relação ao papel de Leander na criação de seus filhos .

Como eu disse é um romance leve, sem nenhum grande conflito, o único pretenso mistério com relação aos atentados que os filhos de Judith sofrem, são facilmente resolvidos por qualquer leitora menos atenta.



Milles Cavanagh, herdeiro do conde de Kilgoran, um opositor impetuoso da opressão do povo irlandês . Herda também a tutela de uma. Não pensa que será uma tarefa difícil até que encontrar com o Felicity e esta esta determinada a casar-se com um canalha Dangerous Joy (Dezembro 2004)

Con Somerford, Visconde Amleigh, herdeiro do conde de Wyvern. Era um segundo filho que não esperava herdar, mas, como todo o oficial fará o queé esperado dele ou seja cumprir o seu dever . Desejaria no entanto que o dever não envolve-se um encontro com o Susan Kerslake, pois eles têm um passado doloroso. The Dragon's Bride (Maio de 2000).

Sir Stephen Ball , advogado e membro de parliament. Um homem quieto, mas inteligente, seu livro é Skylark (maio 2004). Major Hal Beaumont. Alistou-se no exército e perdeu um braço no Canadá. Apaixona-se por Blanche Hardcastle, uma atriz que era amante de Lucien antes de seu casamento. Quer casár-se com Blanche , mas esta pensa ser melhor continuar a ser somente ser sua amante . Sua história é contada através dos outros livros e terminará no livro do ultimo Rogue.

Simon St. Bride, um dos Rogues que nunca apareceram em um livro, mas quem foi mencionado como estando no Canadá. Encontra o amor , após uma vingança que destruiu sua vida sua vida e trazido o com segurança para casa Rogue's Return( Março 2006.)

Lord Darius Debenham,filho mais novo do duque de Yeovil, história não escrita ainda sai em 2007.

Fonte: pesquisa no website da autora Jo Beverly

5 comentários:

Guta disse...

Oiê!! Sou da comunidade ADoro Romances e ví um topico com o seu blog...só posso dizer que adorei!! Me deu muita vontade de comprar esses livros da Jo Beverly! Muito obrigada pelas resenhas! Seu blog já se encontra enter meus favoritos!
Bjus

Kelina Saldanha disse...

OI! Muito bom seu blog.Assim como a guta vim aqui vÊ a resenha dessa saga e nao me arrependi.Virei aqui mais vezes :)

Ana Paula Oliveira disse...

Oi, sou tb mais uma da comunidade "Adoro Romances" e venho me juntar a Guta e a Kelina te parabenizando pela iniciativa do blog...realmente vc tem razão quando diz que a editora não faz um resumo de qualidade(No caso do livro "Noiva relutante")...mas depois da sua dica...vou colocá-los em minha lista de "procurados".

Beijokas :) :) :)

Lily disse...

Olá!
Criei um Espaço do Leitor lá no Loucura Literária e gostaria muito que você participasse! É fácil! É só dizer-nos em 5 linhas qual foi a maior loucura que você já cometeu por um livro!
Esse é um modo criativo que encontrei para nos conhecermos melhor e darmos boas risadas. Afinal, não somos livrólotras por acaso, não é mesmo? (rs)
Beijos e conto com você,
Lily

Lily disse...

Olá!
Tem selinho para você no blog!
Beijos*

Outras leituras Legais ...

Blog Widget by LinkWithin